Faleceu o cardeal espanhol Estepa Llaurens

Escrito por em 22 de julho de 2019

O purpurado, de 93 anos, era um ordinário militar emérito da Espanha. Foi um dos redatores do Catecismo da Igreja Católica.

Cidade do Vaticano

Faleceu, nas primeiras horas deste domingo (21/07), o cardeal espanhol José Manuel Estepa Llaurens, arcebispo ordinário militar emérito da Espanha. Tinha 93 anos. As exéquias serão celebradas na próxima terça-feira (23/07), às 11 horas, na Catedral das Forças Armadas de Madri.

Nascido em Andújar, Diocese de Jaén, na Espanha, em 1º de janeiro de 1926, foi ordenado sacerdote em 1954. Desempenhou vários cargos na Arquidiocese de Madri, até 5 de setembro de 1972, quando foi nomeado bispo titular de Tisili por Paulo VI e auxiliar de Madri.

No mesmo período, foi reitor do seminário por onze anos, responsável pela pastoral universitária, vigário-geral do setor sul que em 23 de julho de 1991, tornou-se uma nova diocese, a de Getafe.

Ordinário militar para a Espanha

Em 30 de julho de 1983, João Paulo II o nomeou vigário castrense para a Espanha e o elevou, ao mesmo tempo, à dignidade arquiepiscopal, atribuindo-lhe a sede titular de Velebusdo.

Em 18 de novembro de 1989, foi transferido para a sede titular de Itálica com o título pessoal de arcebispo. Após a promulgação da Constituição Apostólica Spirituali militum curae, em 1986, que mudou o status jurídico dos vicariatos castrenses, tornou-se um ordinário militar para a Espanha.

Em 30 de outubro de 2003, renunciou ao governo pastoral do ordinariado. Como membro da Conferência Episcopal Espanhola, desempenhou tarefas particulares no campo do ensino, da catequese e da doutrina da fé. De 1981 a 1998, também foi presidente da subcomissão de ensino.

Padre sinodal na assembleia especial para a Europa

Paulo VI e João Paulo II o chamaram para colaborar com vários dicastérios e organismos da Santa Sé. Em 1971, foi nomeado consultor da Congregação para o Clero e, em 1988, foi chamado para fazer parte da plenária de cardeais e bispos da mesma Congregação.

Em 1977, foi secretário especial da IV Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos, realizada em Roma. De 1984 a 1997, e depois de 2003 a 2008, foi membro do Departamento de coordenação pastoral dos ordinariados militares, dependente da Congregação para os Bispos. João Paulo II o nomeou padre sinodal para a Assembleia Especial para a Europa do Sínodo dos Bispos, realizada de 28 de novembro a 14 de dezembro de 1991.

Entre os redatores do Catecismo da Igreja Católica

Fez parte da Comissão composta por seis bispos que redigiram o Catecismo da Igreja Católica, além de ter desempenhado a tarefa de responsável pela versão e edição em espanhol.

Quando o Compêndio do Catecismo da Igreja Católica foi publicado, foi encarregado de cuidar da versão e edição espanhola. Também prestou assistência religiosa aos militares veteranos, como conselheiro da Hermandad Naciónal de Veteranos das Forças Armadas e da Guarda Civil Espanhola. Bento XVI o criou cardeal no Consistório de 20 de novembro de 2010.

Com a sua morte, o Colégio Cardinalício está composto agora de 218 purpurados, dos quais 120 eleitores e 98 não eleitores.

Fonte/www.vaticannews.va


Opinião dos leitores

Deixe uma resposta


Educadora 90.9

Jacarezinho

Current track

Title

Artist

     Uma Emissora da Rede Educadora de Comunicação e Evangelização.

Background